Fatores que reduzem a qualidade das sementes.

A princípio, na lista de prioridades, podemos dizer que a semente é o principal insumo que o produtor deve ser muito rigoroso, pois as sementes contêm o material genético que determinará a produção máxima.

Fatores que reduzem a qualidade das sementes

Dessa forma, a qualidade das sementes é determinada no campo com tratamentos culturais devidamente conduzidos, controlando as principais pragas e doenças que causam perda de qualidade das sementes.

Portanto, se você vai produzir sementes, é melhor redobrar a cautela em comparação com o campo de produção de arroz.

Nesse sentido, o cuidado começa com a limpeza da semeadora antes do plantio para evitar a contaminação da variedade.

Em seguida, uma avaliação de campo é realizada para determinar a presença de plantas incomuns com doenças e as diferentes características das variedades semeadas.

Essas plantas, se observadas na área, devem ter-se arrancadas e destruídas.

Logo depois de realizar todos os cuidados fitossanitários necessários, é importante olhar para a época de colheita.

Com um teor de umidade de 13 a 15%, as sementes de soja estão prontas para terem-se colhidas.

As sementes de milho se tem colhidas com maior umidade (cerca de 35%), por esta razão se tem colhidas por espiga.

Eles tem-se colhidos durante esses tempos porque impedem que as sementes sejam expostas a condições climáticas potenciais, como chuva, seca e assim por diante, o que causa danos às sementes, prejudicando a qualidade.

Outro ponto que reduz a qualidade das sementes é a regulagem das colhedoras, que podem causar danos mecânicos.

Por fim, no armazenamento de sementes, os cuidados são alterados para uma temperatura mais ideal.

Dessa forma, evitando a deterioração das sementes e a presença de patógenos, como fungos, que podem reduzir a qualidade das sementes.

Joaquim Carvalho

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima
×
Available for Amazon Prime